skipToMain
Siga-nos:

A 2.ª Volta a Portugal Feminina já rola. Há duas vimaranenses no pelotão

Redação
Ciclismo \ sexta-feira, junho 17, 2022
© Direitos reservados
Ilda Pereirra (Maiatos) e Tânia Lima (Sicasal-Glassrive) representam o concelho na prova. No prólogo, Tânia Lima fechou nas 25 melhores. Prova começou quinta e termina no domingo.

A segunda edição da Volta a Portugal Feminina Cofidis já está na estrada. Um ano depois da primeira edição, a prova por etapas começou com um prólogo esta quinta-feira e entra esta sexta-feira nas etapas mais longas.Um pelotão de 107 corredoras, em representação de 17 equipas, vai percorrer 273,4 quilómetros. Ilda Pereirra (Maiatos) e Tânia Lima (Sicasal-Glassrive) são as vimaranenses em prova.

Estão inscritas ciclistas de 15 países diferentes: África do Sul, Alemanha, Argentina, Brasil, Espanha, Estados Unidos da América, Estónia, França, Irão, Irlanda, Países Baixos, Polónia, Portugal, Reino Unido e Suécia. E é mesmo do país nórdico a corredora que enverga a amarela: a campeã sueca de contrarrelógio, Nathalie Eklund, venceu em Loures o prólogo da Volta a Portugal Feminina Cofidis. Tânia Lima esteve em destaque. A ciclista vimaranense, que, segundo o Desportivo do Minho, se estreou este ano no Ciclismo de Estrada, concluiu a etapa a gastar mais 25 segundos que a vencedora.

Ilda Pereira antevê a terceira e última etapa, no domingo, como decisiva. Com 104,7 quilómetros, as corredoras partem de Aveiro, às 12h15, para terminarem em Anadia, por volta das 15h15. "Marcar-se-ão as determinantes diferenças no apuramento da sucessora de Raquel Queirós, vencedora da primeira edição da Volta a Portugal Feminina Cofidis, em setembro de 2021".

Após uma edição de estreia com 85 ciclistas e doze equipas, "é evidente o crescimento do projeto, que também se tornou mais diverso", indica a Federação Portuguesa de Ciclismo. Na apresentação da prova por etapas, o presidente da instituição falava de uma "corrida apaixonante". "É uma corrida que fazemos com uma alegria imensa. O ciclismo feminino está com uma renovação extraordinária e as nossas equipas sonham com esta corrida. Acho que temos aqui uma corrida muito interessante, com início em Loures e a terminar já mais a norte, em Anadia e deixo um agradecimento aos patrocinadores por se associarem a esta corrida", disse.