skipToMain
Siga-nos:

Apesar das “lesões”, plantel tem “qualidade” e quer mostrar-se na Liga

Redação
Basquetebol \ sexta-feira, setembro 23, 2022
© Direitos reservados
O Vitória entra em ação para mais uma Liga Betclic neste sábado. Certo de que as lesões vão “condicionar o arranque”, o treinador promete equipa com “basquete agressivo” e pede apoio.

Os dribles, os lançamentos, os ressaltos, os bloqueios estão quase a regressar ao Pavilhão Desportivo Unidade Vimaranense. A equipa masculina do Vitória SC inicia, no sábado, a 15.ª participação consecutiva no principal campeonato masculino de basquetebol, com a receção a uma das formações mais cotadas dos últimos anos, a Oliveirense, bicampeã nacional em 2018 e 2019.

O treinador Miguel Miranda lidera um grupo profundamente alterado – 10 reforços –, mas com “qualidade”, que se pode elevar face à época passada, de manutenção assegurada no play-out. “Temos uma equipa que é nova, mas tem qualidade. Procurámos reforçar a equipa com jogadores portugueses de qualidade e com experiência para ultrapassar todas as mudanças que existiram”, realçou, em declarações aos meios do Vitória SC.

O propósito que norteou a construção da equipa é a de exibir “um basquete muito agressivo, com muitas posses de bola, e também na maneira de defender”, acrescentou.

Apesar de ser difícil “fazer uma previsão” do que pode fazer a UD Oliveirense, também muito alterada na sua constituição, Miguel Miranda disse-se mais preocupado com aquilo que os seus jogadores “são capazes de fazer”, reconhecendo, porém, que as lesões podem atrasar o processo de criação de identidade da equipa.

“Começámos o trabalho a 16 de Agosto, o que para nós foi muito importante na questão de rapidamente criarmos uma identidade enquanto equipa, mas com o decorrer da pré-época tivemos problemas de lesões que nos vão condicionar o arranque do campeonato”, realçou.

O técnico pediu ainda o “carinho e o apoio dos vitorianos” a partir das 15h00 de sábado, a dar sequência “às casas bem compostas” dos jogos com o Illiabum no play-out. “Precisamos desse acréscimo de público”, referiu.